Sustentavel Mente

Porque nossas escolhas podem mudar o mundo!

Hora do Planeta! 01/04/2011

Olá leitores amigos queridos, há quanto tempo!!! Desculpem meu sumiço, mas tem tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo, que (infelizmente!) não tenho tido concentração, inspiração ou tempo para blogar…

Mas, nem por isso deixei de fazer minha parte em prol do nosso maravilhoso planeta. O post de hoje é para contar que (finalmente!) consegui participar da “Hora do Planeta”, que aconteceu no último sábado 26/03/11. (Nos anos anteriores eu tive compromissos inadiáveis e fiquei devendo…)

Paulão e eu compramos uns queijos e nozes, uma garrafa de vinho e as 20:30h acendemos algumas velas e ficamos na varanda curtindo a noite, até que lá pelas 23:30h nos demos conta de que a “Hora” já tinha acabado.

Não, não foi uma noite romântica como está parecendo, já que convidamos os pais dele a participarem também. Éramos quatro pessoas discutindo, à luz de velas, a importância das pequenas atitudes para a preservação da Terra. A noite foi regada a argumentos sobre sustentabilidade, recursos naturais, mudanças climáticas, responsabilidades, etc.

 Minha mãe e o João também apagaram as luzes pelo segundo ano consecutivo!

Parabéns a todos que participaram! E que tal apagarmos voluntariamente as luzes mais vezes?!

Releia os posts antigos sobre a “Hora do Planeta”:

23/03/10 – http://migre.me/4a1DE

01/04/10 – http://migre.me/4a1JE

(Acabei de me dar conta de que hoje é 1º de abril… Garanto a vocês que  todo o conteúdo acima é verdadeiro, viu!!!)

 

À meia luz… 30/09/2010

Dica 899 – Iluminação pontual – O cômodo inteiro tem que estar iluminado para que você possa ler um livro num canto? Se a resposta for não, apague as luzes do teto e sente-se ao lado de um abajur. Se os moradores de 1 milhão de lares reduzissem o consumo médio de eletricidade em apenas 60 watts (uma lâmpada incandescente), as emissões de carbono cairiam em cerca de 5 milhões de toneladas por ano.

Dica do livro: 1001 Maneiras de Salvar o Planeta – Idéias práticas para tornar o mundo melhor, de Joanna Yarrow, PUBLIFOLHA, 2007.

***

É claro que é impossível viver com apenas uma lâmpada acesa na casa, mas saiba que ao apagar as luzes dos cômodos vazios ou mesmo diminuir a iluminação (conforme sugere a dica 899) você já está colaborando para a redução das emissões de CO2 na atmosfera.

Outra atitude prática é colocar lâmpadas fluorescentes ao invés das incandescentes em todos os pontos de luz, sua durabilidade e alta eficiência energética garantem economia para seu bolso e a diminuição do impacto ambiental causado pelo seu estilo de vida, por gerar menos resíduos e emitir menos carbono.

Atualmente, já encontram-se disponíveis no mercado diversos tamanhos, modelos e cores…

Quanto ao descarte, lembre-se: as lâmpadas queimadas devem ser entregues em pontos de coleta específicos!

Saiba mais sobre os pontos de coleta, clicando sobre a tag “Reciclagem” que encontra-se no cabeçalho deste post.

 

Feche as cortinas! 14/09/2010

“O simples ato de fechar as cortinas em dias de calor

pode economizar cerca de 25% da energia gasta com ar-condicionados.”

Essa dica simples foi dada ontem por @biosustentavel, via www.twitter.com

 

Chuveiro elétrico – vilão ou mocinho? 13/07/2010

  Matéria publicada no Jornal do Consumidor, o informativo semanal da Prefeitura de São José dos Campos n°771 de 04 a 10 de Julho de 2010, sobre o chuveiro elétrico.

 De acordo com a pesquisa do Centro Internacional  de Referência em Reuso da Água (Cirra) e da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP)  o chuveiro elétrico, considerado o grande vilão do banho nosso de cada dia, ainda é o mais econômico quando o assunto é consumo de água, em comparação com as demais opções oferecidas pelo mercado: o solar, à gas e o boiler elétrico.

 O Jornal do Consumidor possui uma versão eletrônica, para ler a matéria na íntegra e em boa qualidade acesse:

 http://www.sjc.sp.gov.br/governo/jconsumidor/downloads/JConsu_771.pdf

 Destaquei a tabela comparativa entre os diferentes tipos de aquecimento da água para um banho de oito minutos:

 

EcoBag de sacolinhas plásticas! 15/06/2010

Feita por Vanda Esteves/ Foto: Daniela Oliveira

 ADOREI a minha mais nova EcoBag! Quem recortou e crochetou mais de 30 sacolinhas plásticas foi a Vanda Esteves, que merece nossos parabéns pela iniciativa de REUTILIZAR as sacolinhas ao invés de enviá-las para o lixo!

 Que elas continuam sendo nocivas para o meio ambiente, não há dúvidas, mas agora, novos valores foram agregados a elas: o artesanato, a beleza, o aumento da vida útil e a diminuição do volume do lixo quando chegar a hora de aposentá-la.

 Para confeccionar o novo produto não foram utilizados: água, energia elétrica ou transporte, apenas uma tesoura e uma agulha! Essa é a grande vantagem do REUSO de materiais: a economia de vários recursos, assim como a diminuição do lixo!

 Na internet a Vanda encontrou outros modelos e formas de recortar as sacolas e está preparando outra EcoBag, mais resistente. Quando ficar pronta mostro aqui, ok.

 Se inspirou e quer fazer a sua própria EcoBag de sacolinhas plásticas? A Recicloteca tem um passo-a-passo bem explicativo, confira: http://migre.me/P8w6

 

Rumo ao Hexa!

Meu palpite para o jogo de hoje: Brasil 3 x 1 Coréia do Norte 

 

Onde decartar as lâmpadas? 02/06/2010

Miga, e lampâdas? sabe aonde deixamos? bjos” – Comentário da Bia no blog em 28/05/10, post “Pilhas e baterias – Onde descartar?”  

 Sei, sim, amiga! Em São José dos Campos, assim como pilhas e baterias, as lâmpadas fluorescentes devem ser levadas aos PEV’sPostos de Coleta Voluntária da Prefeitura Municipal:

  • Campo dos Alemães – Avenida dos Evangélicos, 601 (defronte ao Parque Senhorinha)
  • Galo Branco (Eugênio de Melo) – Avenida Benedito Luiz de Medeiros, 801 (atrás da escola estadual)
  • Parque Interlagos – Rua Ubirajara Raimundo de Souza, 21 (saída sentido Campo dos Alemães)
  • Conjunto 31 de Março – Rua Guidoval, 100

 O serviço é gratuito e funciona das 8h às 17h durante a semana e das 9h às 16h aos sábados, domingos e feriados.

PEV: http://www.sjc.sp.gov.br/semea/pev.asp

 

Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos Domiciliares 01/06/2010

Ontem fui conferir o “Seminário de Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos Domiciliares” promovido pela Secretaria do Meio Ambiente, que aconteceu na Câmara Municipal, em comemoração a Semana do Meio Ambiente, conforme divulgado aqui no blog.

 Você sabia que o esgotamento do Aterro Sanitário de São José dos Campos está previsto para daqui doze anos?! E que se nada for feito os resíduos do municipio  terão que ser transportados por até 80km (ida e volta) para aterros de outras cidades?! Segundo o Secretário do Meio Ambiente, André Miragaia que abriu o evento, essa preocupação foi o principal fator motivador para a realização deste seminário, com o objetivo de encontrar as melhores soluções para esta questão tão delicada.

 Um possível caminho pode ser a instalação de uma URE – Usina de Recuperação de Energia – que faz o tratamento dos resíduos municipais gerando energia! A Resolução SMA n° 79 de 14/11/09, que regulamenta as URE’s foi o foco da palestra sobre “Tratamento Térmico de Resíduos Sólidos Urbanos Domiciliares”, apresentada pela Engª Maria Cristina Poli, da CETESB.

 Já o Prof° Doutor Sabetai Calderoni, do NAIPPE-USP, autor do livro O$ Bilhõe$ Perdido$ no Lixo, em sua palestra “Tecnologias de Tratamento e Destinação de Resíduos Sólidos Urbanos Domiciliares” apresentou a reciclagem, a compostagem, o biodigestor, o gaseificador, entre outros, como alternativas viáveis, já que todas elas geram sub-produtos que podem ser vendidos no mercado, para a questão do lixo municipal. Ele ressaltou que o mercado da reciclagem ainda tem um potencial muito grande de crescimento no Brasil e que “produzir a partir de sucata é mais barato do que a partir da matéria-prima”.

 Na mesa redonda composta pelos palestrantes citados, por Alfredo Freitas – Presidente da URBAM e mediada pelo Secretário André Miragaia ficou claro que a melhor solução  para a cidade seria um mix de todas ou algumas das alternativas apresentadas. E que o engajamento da população é fundamental no processo! De nada adiantam os PEV’s, por exemplo, se as pessoas continuam jogando entulho em lugares indevidos!

 Ah, o descarte correto de medicamentos também foi assunto do debate, acho que teremos algumas novidades nesta questão já que o Secretário afirmou que “jogar na privada não é a solução”, ao contrário do que me foi informado alguns meses atrás pela própria prefeitura. Assim que houver uma definição sobre o assunto, informo aqui!

 E hoje participei da oficina de papel reciclado, assisti a peça “A História da Coisas” (adaptação do vídeo homonimo da Annie Leonards) no Parque da Cidade, as comemorações vão até amanhã com essas e outras atrações. Vale a pena conferir!

 As fotos você encontra no Flickr: http://migre.me/L1yE

 Link para a Resolução SMA n° 79/09 http://migre.me/L16M

 Link para entrevista do Prof° Calderoni a Heródoto Barbeiro para a Rádio CBN sobre coleta seletiva http://migre.me/L1cf

 Mais sobre a Semana do Meio Ambiente aqui http://migre.me/Kz6s

 Post sobre descarte de medicam entos de 22/02/10 http://migre.me/L1lr

 Vídeo “A História das Coisas” no blog em 08/06/09 http://migre.me/L1BL