Sustentavel Mente

Porque nossas escolhas podem mudar o mundo!

O que fazer com o lixo eletrônico? 03/09/2010

O  lixo eletrônico por conter substâncias tóxicas deve ser descartado adequadamente para evitar a contaminação do solo e da água. Esse tipo de resíduo exige cuidados especiais tanto do cidadão, quanto do poder público e dos fabricantes.

Se você tem dúvidas sobre o que fazer com o lixo eletrônico ou mesmo se o seu lixo é eletrônico, sugiro que ligue para  (12) 3944-1000.

 Este é o número da coleta municipal de resíduos eletrônicos de São José dos Campos.

 Além de esclarecer todas as dúvidas sobre lixo eletrônico, uma unidade móvel poderá ser enviada a sua residência para recolher monitores, teclados, CPU’s, mouses, televisores, impressoras, etc. e encaminhá-los para descontaminação.

 atenção! Ligue e informe-se sobre qual destinação deve ser dada para cada item eletrônico que você precisa descartar!

 De acordo com o site da URBAM (Urbanizadora Municipal de São José dos Campos), responsável pela coleta, o munícipio já recolheu 57 toneladas de lixo eletrônico. Acesse www.urbam.com.br para mais informações.

Lembre-se:

Somos todos responsáveis pelo próprio lixo,

seja ele orgânico, reciclável ou eletrônico!

Faça sua parte!

Para saber mais sobre o lixo eletrônico no Brasil e no mundo: www.lixoeletronico.org

 

CenterVale Shopping traz exposição da Urbam e exibe o Museu do Lixo 20/08/2010

Sistema de Gestão Ambiental

Texto: Assessoria de Imprensa do CenterVale Shopping

  O CenterVale Shopping, em parceria com a Urbam traz a exposição “São José Recicla”, de 23 a 29 de agosto, na Praça de Eventos. Serão montadas quatro ilhas onde serão demonstrados os processos da coleta seletiva e da reciclagem.

 O CenterVale que desenvolve várias ações ambientais vê nesta exposição a oportunidade de conscientizar a população sobre um assunto tão importante que é a reciclagem de materiais. No shopping de janeiro a agosto deste ano, a média de resíduos coletados foram:

Papelão – 27.166 kg/mês; Plástico-3.852 kg/mês; Madeira– 1.557 kg/mês; Alumínio -327 kg/mês; Sucata 897 kg/mês; Vidro -1.259 kg/mês e Orgânico– 46.705 kg/mês.

 Nesta exposição a Urbam vai alertar sobre a importância de separar os materiais recicláveis para a coleta seletiva. No espaço serão demonstrados por meio de fotos, de materiais, de objetos curiosos e de valor do Museu do Lixo e de panfletos, o processo de separação e da coleta, a triagem dos materiais, o aterro sanitário e a Estação de Biogás (onde o gás metano é captado e eliminado, deixando de poluir a atmosfera).

 Durante a exposição, será lançado o Professor Recicla, – desenho de um personagem baseado no Sr. Rubens Dalprat, – que trabalha há 27 anos na Urbam. O Sr. Rubens coordena o Projeto Lixo Tour, onde realiza palestras e acompanha os alunos e demais visitantes nas visitas à Estação de Tratamento de Resíduos Sólidos.

Neste ano de 2010 a URBAM comemora 20 anos da coleta seletiva de lixo em São José dos Campos. Durante todos estes anos, o programa de coleta seletiva funciona continuamente, sem interrupções.

 A campanha de conscientização está sendo realizada por segmentos: a escola recicla, o comércio recicla, a indústria recicla, a empresa recicla, o órgão público recicla e a cidade recicla. Todos aqueles que se integrarem ao programa separando o lixo corretamente, receberão o selo de qualidade: “Nós participamos e São José Recicla”.

 Além da exposição, está sendo realizada ação educativa junto aos lojistas do CenterVale Shopping para que todos os estabelecimentos se integrem à campanha e recebam o selo  verde do programa.Os lojistas estão sendo incentivados a reciclar materiais dentro das lojas e também de divulgar o programa da Urbam para os clientes deles.

Saiba Mais: A Reciclagem em São José dos Campos

São José dos Campos foi uma das primeiras cidades no país a implantar a coleta seletiva, em 1990. O programa hoje atinge 95% da população. O volume de materiais recolhidos vem aumentando ano a ano. Em 2007, a média era de 21 toneladas/dia. Em 2009,passou para 37 toneladas/dia. Este ano, até o momento, 50 toneladas/dia.

CenterVale Shopping: Av. Deputado Benedito Matarazzo, 9403, Jd. Oswaldo Cruz

Horário de funcionamento: Segunda a sábado – 10 às 22h

Domingo – Alimentação e Lazer 12 às 21h e Lojas 13 às 20h

www.centervale.com.br    

www.urbam.com.br

 

Você recolhe o seu lixinho? 16/08/2010

 Ontem fui assistir a um jogo de basquete, na saída peguei meu copo para levar até a lixeira mais próxima e notei que as outras pessoas costumam deixar seus lixinhos para trás. Fazem isso porque após o jogo alguém irá limpar o ginásio…

 Provavelmente o ginásio será limpo, sim, mas será que isto justifica deixar para trás resíduos do seu consumo?! É como jogar lixo na rua com a desculpa de gerar emprego para os garis. Outra situação parecida acontece nas praças de alimentação, a maioria das pessoas ao se  levantar da mesa, não leva sua bandeja até a lixeira.

 Para mim, os funcionários estão lá para garantir a limpeza das mesas, do chão e separar os resíduos, mas não exatamente para carregar os restos do nosso consumo. Ou será que estou enganada?

 Eu acredito que cada um de nós é responsável pelos resíduos gerados pelo próprio consumo. E você, já havia pensado nisso? Concorda ou discorda de mim? Dê a sua opinião, comente!

 Só para constar, os garis sempre terão emprego, mesmo em municípios onde nenhum cidadão jogue seu lixo nas vias públicas, isso porque eles são responsáveis pelas seguintes tarefas:

  • Varrição das sarjetas e guias das vias públicas;
  • Capina do mato nas guias e sarjetas;
  • Varrição e lavagem das feiras livres;
  • Varrição dos pontos de ônibus;
  • Recolhimento do lixo das lixeiras espalhadas pela cidade;
  • Raspagam para remoção de terra acumulada nas vias públicas.

 A lista de responsabilidades dos garis, que aqui em São José são chamados de agentes ambientais, foi tirada do site da URBAM: www.urbam.com.br

 

Pilhas e baterias – Onde descartar? 28/05/2010

 Nunca no lixo! Por conter elementos tóxicos que causam danos a saúde e ao meio ambiente, estes resíduos devem ser descartados adequadamente e enviados para a  reciclagem.

 Infelizmente no Brasil, a legislação permite que pilhas e baterias de uso doméstico, cujos níveis de cádmio, mercúrio e chumbo estiverem dentro dos limites estabelecidos pela Resolução CONAMA 257-99, sejam descartadas no lixo doméstico. Sendo assim, o descarte deste material é de responsabilidade de cada consumidor, pois NENHUM fabricante se responsabiliza pelos resíduos de seus produtos neste nosso país.

 Por isso, faça a sua parte: encaminhe as pilhas e baterias para a reciclagem! Não sabe onde descartar as pilhas e baterias usadas? Então, este post é para você!

 Em São José dos Campos, os Postos de Coleta Voluntária da Prefeitura Municipal, mais conhecidos como PEV’s, recebem esses e outros resíduos e a URBAM os encaminha para a reciclagem.

 Como os PEV’s recolhem outros tipos de material, o volume exato de pilhas e baterias não é estimado, mas cerca de 6 toneladas por mês de lixo eletrônico domiciliar são recolhidas na cidade, o que inclui: TV’s, computadores, aparelhos de som, pilhas, baterias, entre outros.

 Existem 04 PEV’s em funcionamento desde setembro de 2009:

  • Campo dos Alemães – Avenida dos Evangélicos, 601 (defronte ao Parque Senhorinha)
  • Galo Branco (Eugênio de Melo) – Avenida Benedito Luiz de Medeiros, 801 (atrás da escola estadual)
  • Parque Interlagos – Rua Ubirajara Raimundo de Souza, 21 (saída sentido Campo dos Alemães)
  • Conjunto 31 de Março – Rua Guidoval, 100

 O serviço é gratuito e funciona das 8h às 17h durante a semana e das 9h às 16h aos sábados, domingos e feriados.

 Além dos PEV’s, a URBAM também disponibiliza conteineres na cor laranja para o recolhimento de pilhas e baterias em vários pontos da cidade: no Paço Municipal, Câmara Municipal, na Sede da Urbam, no I Batalhão da Polícia Militar (Jardim Osvaldo Cruz), na Subprefeitura de Eugênio de Melo e nos Parques: Santos Dumont, Vicentina Aranha e Parque da Cidade.

 De acordo com a assessoria de imprensa da URBAM: “O objetivo da instalação dos contêineres é ampliar ainda mais o atendimento, facilitando a vida do joseense e oferecendo a oportunidade de dar uma destinação correta ao lixo que possui substância tóxica.”

  O CenterVale Shopping também possui pontos de coleta de pilhas e baterias ao lado dos banheiros. A coleta e o envio deste material para a reciclagem é parte do Sistema de Gestão Ambiental do shopping, que arca com as despesas de transporte e do serviço prestado pela empresa que recicla o material. Embora o custo do processo seja alto, o shopping investe nesse programa por acreditar que resíduos tóxicos não devem ir parar nos aterros e lixões.

 

 Parabéns a Prefeitura Municipal de São José dos Campos, a URBAM e ao CenterVale Shopping por suas iniciativas!

 Conhece outros locais para entregar pilhas e baterias?

 Compartilhe com a gente!

PEV: http://www.sjc.sp.gov.br/semea/pev.asp

URBAM: www.urbam.com.br

CenterVale Shopping: http://www.centervale.com.br/

Recicladora de pilhas e baterias: http://suzaquim.com.br/Processo.htm

Resolução CONAMA 257-99: http://www.lei.adv.br/257-99.htm