Sustentavel Mente

Porque nossas escolhas podem mudar o mundo!

10 centavos por sacolinha?! 04/11/2010

É isso mesmo o que você leu, está tramitando na Câmara de Vereadores de Curitiba um projeto de lei que proíbe a distribuição gratuita das sacolinhas plásticas nos estabelecimentos comerciais. O objetivo principal é reduzir o volume de lixo deste material nos aterros do municipio, além de conscientizar e incentivar o uso de embalagens retornáveis.

Eu concordo que a melhor maneira de incentivar a diminuição dos sacos plásticos é através do bolso do consumidor e que mais cedo ou mais tarde esta tendência será parte do nosso cotidiano, como já o é em vários países do mundo.

Mas, R$ 0,10 é demais até para mim, ferrenha defensora da ecobag! No exterior a cobrança se inicia em 3 centavos ou 5, que é o valor de desconto que algumas redes do varejo brasileiro oferecem aos consumidores que optam por não carregar suas compras em sacolas plásticas . Qual foi o critério usado para definir o valor mínimo a ser cobrado em R$ 0,10? Outro ponto que não está claro é: para onde vai o dinheiro arrecadado com a venda das sacolinhas…

E você é contra ou a favor de pagar pelas sacolinhas plásticas no supermercado?!

Eu evito levá-las para casa a todo custo, então atualmente sou beneficiada pelo desconto; a cobrança não fará muita diferença para mim, pois não as utilizo mesmo…

Mais posts sobre sacolinhas plásticas na Sustentaveltag sacolas plásticas”

Leia mais sobre a cobrança em Curitiba no site Bem Paraná: http://migre.me/1YEZG

Minhas ecobags!

Anúncios
 

Pegada de carbono na embalagem! 05/10/2010

A partir deste ano, alguns produtos da Suzano Papel e Celulose terão impressos nas embalagens o desenho de um pezinho indicando o volume de emissão de CO2 liberado na atmosfera em função da produção, uso e cálculo de descarte por tonelada de cada produto. É a primeira empresa do setor a publicar a chamada “pegada de carbono” em seus produtos.

Iniciativas como estas ajudam o consumidor a conhecer o custo ambiental de suas escolhas e como ele pode contribuir para melhorar a equação estilo de vida x recursos naturais.

Leia mais no Jornal Valor Econômico http://migre.me/1u9fI

Suzano Papel e Celulose http://www.suzano.com.br

 

À meia luz… 30/09/2010

Dica 899 – Iluminação pontual – O cômodo inteiro tem que estar iluminado para que você possa ler um livro num canto? Se a resposta for não, apague as luzes do teto e sente-se ao lado de um abajur. Se os moradores de 1 milhão de lares reduzissem o consumo médio de eletricidade em apenas 60 watts (uma lâmpada incandescente), as emissões de carbono cairiam em cerca de 5 milhões de toneladas por ano.

Dica do livro: 1001 Maneiras de Salvar o Planeta – Idéias práticas para tornar o mundo melhor, de Joanna Yarrow, PUBLIFOLHA, 2007.

***

É claro que é impossível viver com apenas uma lâmpada acesa na casa, mas saiba que ao apagar as luzes dos cômodos vazios ou mesmo diminuir a iluminação (conforme sugere a dica 899) você já está colaborando para a redução das emissões de CO2 na atmosfera.

Outra atitude prática é colocar lâmpadas fluorescentes ao invés das incandescentes em todos os pontos de luz, sua durabilidade e alta eficiência energética garantem economia para seu bolso e a diminuição do impacto ambiental causado pelo seu estilo de vida, por gerar menos resíduos e emitir menos carbono.

Atualmente, já encontram-se disponíveis no mercado diversos tamanhos, modelos e cores…

Quanto ao descarte, lembre-se: as lâmpadas queimadas devem ser entregues em pontos de coleta específicos!

Saiba mais sobre os pontos de coleta, clicando sobre a tag “Reciclagem” que encontra-se no cabeçalho deste post.

 

Feche as cortinas! 14/09/2010

“O simples ato de fechar as cortinas em dias de calor

pode economizar cerca de 25% da energia gasta com ar-condicionados.”

Essa dica simples foi dada ontem por @biosustentavel, via www.twitter.com

 

IR Ecológico?! 17/08/2010

 Já ouviu falar? Sim? Não? Mais ou menos? Então, saiba mais sobre o projeto de Imposto de Renda Ecológico no Boletim Ecos da Mata, da Fundação SOS Mata Atlântica:

 

www.sosma.org.br

 

Você consome alimentos orgânicos? Porquê? 12/08/2010

 Acabei de responder uma pesquisa sobre o comportamento e a percepção do consumidor de alimentos orgânicos no Brasil. A pesquisa tem como objetivo conhecer as percepções, crenças e atitudes dos consumidores de alimentos orgânicos.

 De acordo com o site oficial: “O propósito desta pesquisa é fornecer dados consistentes aos empresários dando segurança para suas tomadas de decisões e possibilitando o aumento do investimento no setor, além de proporcionar um melhor conhecimento sobre os fatores que determinam a compra de alimentos orgânicos pelo consumidor.” Os resultados da pesquisa serão apresentados na BioFach América Latina de 03 a 05 de novembro de 2010, em São Paulo.

 Isso significa que em apenas 10 minutinhos e sem sair de casa, é possível colaborar para o crescimento e melhoria deste mercado tão importante que está diretamente ligado a nossa saúde, a saúde do trabalhador rural e a saúde da terra, da água, dos insetos e animais presentes no entorno das plantações, bastando para isso responder ao questionário.

 Optar por alimentos orgânicos não é apenas consumir alimentos mais nutritivos, é decidir fazer parte de uma cadeia produtiva mais justa e é saber que seu dinheiro está sendo investido em um comércio de valorização e respeito à vida na Terra.

Para obter mais informações e participar, acesse o link http://migre.me/14cTf

(Dica da @elisa_franca, via Twitter)

Porque nossas escolhas podem mudar o mundo!

 Participe também do 6° Inverno Orgânico na Serra da Mantiqueira que acontece até o dia 07 de setembro de 2010, em Gonçalves-MG: http://www.invernoorganico.com.br/

Orgânicos da Mantiqueira

 

 

CenterVale Shopping Lança o Prêmio Poupa Água 22/07/2010

Premiação será no dia 22 de julho! 

O CenterVale Shopping lançou um desafio aos lojistas para economia do consumo de água e criou o Prêmio Poupa Água. A premiação faz parte da política do Sistema de Gestão Ambiental. 

Para esta primeira premiação foram computados os meses de março, abril e maio de 2010 e a premiação foi dividida em categorias. Os vencedores de cada categoria receberão no dia 22/7 vales-compras no valor de R$100,00 cada. 

 Os primeiros vencedores foram os restaurantes Camarão&Cia, na categoria médio consumidor e Bonaparte, na categoria grande consumidor.

Fonte: Acessoria de Imprensa do CenterVale Shopping.

Para + info: www.centervale.com.br

 Parabéns aos vencedores e à equipe do Sistema de Gestão Ambiental do CenterVale

por mais essa iniciativa em prol de um recurso tão valioso, a água!