Sustentavel Mente

Porque nossas escolhas podem mudar o mundo!

Você recolhe o seu lixinho? 16/08/2010

 Ontem fui assistir a um jogo de basquete, na saída peguei meu copo para levar até a lixeira mais próxima e notei que as outras pessoas costumam deixar seus lixinhos para trás. Fazem isso porque após o jogo alguém irá limpar o ginásio…

 Provavelmente o ginásio será limpo, sim, mas será que isto justifica deixar para trás resíduos do seu consumo?! É como jogar lixo na rua com a desculpa de gerar emprego para os garis. Outra situação parecida acontece nas praças de alimentação, a maioria das pessoas ao se  levantar da mesa, não leva sua bandeja até a lixeira.

 Para mim, os funcionários estão lá para garantir a limpeza das mesas, do chão e separar os resíduos, mas não exatamente para carregar os restos do nosso consumo. Ou será que estou enganada?

 Eu acredito que cada um de nós é responsável pelos resíduos gerados pelo próprio consumo. E você, já havia pensado nisso? Concorda ou discorda de mim? Dê a sua opinião, comente!

 Só para constar, os garis sempre terão emprego, mesmo em municípios onde nenhum cidadão jogue seu lixo nas vias públicas, isso porque eles são responsáveis pelas seguintes tarefas:

  • Varrição das sarjetas e guias das vias públicas;
  • Capina do mato nas guias e sarjetas;
  • Varrição e lavagem das feiras livres;
  • Varrição dos pontos de ônibus;
  • Recolhimento do lixo das lixeiras espalhadas pela cidade;
  • Raspagam para remoção de terra acumulada nas vias públicas.

 A lista de responsabilidades dos garis, que aqui em São José são chamados de agentes ambientais, foi tirada do site da URBAM: www.urbam.com.br

Anúncios